A vida acontece quando estamos a fazer planosO que é a felicidade? Para mim, para ti?

Algo que muda de pessoa para pessoa e de altura para altura mesmo para cada um de nós.
A vida acontece quando estamos a fazer planos.

No momento em que estou a escrever este texto e as teclas do meu portátil parecem-me botões numa mesa de mistura de um DJ, porque? porque um dos meus sonhos sempre foi te um carreira na musica, DJ para ser mais especifico, e na dança, break dance e/ou hip hop, e visto que estou a escrever sobre felicidade estes tópicos vêm me a cabeça. Creio que o facto (ou fato? sinceramente não ligo a mínimo ao novo acordo ortográfico, por isso que se lixe).

Para explicar ainda melhor a minha situação actual, é meia noite e meia e já bebi meia garrafa de vinho do Porto (Velhotes 19.5%), estou “bem disposto” e a ouvir sons deste género (Youtube Link), assim ficam a perceber o meu “estado de espírito” ao escrever este texto.

Musica não é o meu único sonhos, tenho outros outros que gostaria de deveria realizar, ou pelo menos dar o meu máximo para os alcançar.

Porque é tão difícil fazemos o que realmente queremos com as nossas vidas?
Será que é a merda da estrutura de ensino que temos?
Será a pressão familiar?
Será a pressão “relacionar” que temos com os nossos amigos e ou namoradas(os)?
Será que somos apenas uns medricas que não arriscam?

Que merda, porque não é mais fácil? Porque não o fazemos mais fácil?
A culpa não é dos outros, a culpa é toda nossa, de cada um de nós que deixa para depois o que pode ser feito hoje, que deixa para amanha o que devia fazer hoje e agora, o que desiste dos seus sonhos porque pensa que é fraco de mais para os realizar. A culpa é minha, a culpa é tua. Acabou a altura de culpamos os outros, isso já passou, já está fora de moda, já ninguém acredita em ti quando dizes que querias ter sido ou ser X, mas não deu porque o H ou o K não te deram as oportunidades ou a ajuda que precisavas. Que se lixe isso, temos que fazer e ser mais do que isso.

Eu não sou mais que tu nem miguem, nem estou a fazer o que gostaria realmente de fazer para o resto da minha vida, mas posso dizer que pelo menos não tenho um trabalho que me faz sair de casa todos os dias pensado que o que me apetece é ficar deitado.A vida acontece quando estamos a fazer planos

Mas por outro lado não faço muitas das coisas que gostava de fazer, como profissão ou apenas passatempo, mas isso vai mudar, porque vou deixar de ser um medroso, ou seja la qual for a palavra e vou ter a coragem de fazer o que quero.

E tu? o que vais fazer?
Será que é desta que deixas de culpar os outros?
Vai ser desta que vais fazer o que realmente queres, aquilo que te faz encher o coração de alegria quando vez alguém fazer?

Força irmão ou irmã.
Fico a torcer por ti, sei que tens força e és capaz de fazer tudo o que quiseres.

Ainda não tinha partilhado contigo isto, mas eu amo-te, eu amo-te porque és uma pessoa diferente de todas as outras e porque mereces ser amado como todos nós, não te esqueças disso, tu mereces.